Tipos de imóveis em Montemor-o-velho

Imóveis à venda Imóveis para alugar

O miradouro do Mondego. Montemor-o-Velho é uma vila cujas origens remontam à pré-história, hoje pertencente ao Distrito de Coimbra, na região Centro do país. O seu castelo, em bom estado de preservação, e um dos mais bonitos do país, está documentado como sendo pelo menos do século IX e a vila recebeu o seu foral logo em 1212, devido à sua importância estratégica.

Em Montemor-o-Velho a agricultura sempre teve um peso importante, sendo hoje ainda cultivados o milho e o arroz. Aproveitando a óptima vista do castelo, é precisamente o vasto arrozal do rio Mondego que vemos.

O rio Mondego é um dos cartões de visita da vila, os seus pauis são habitat natural de várias espécies de fauna e flora desde aves migratórias e sedentárias, reptéis, anfíbios e peixes até árvores e plantas típicas daquela região como nenúfares, juncos ou caniçais. Para proteger e preservar estas zonas criou-se a Reserva natural do Paul de Arzila e uma área reservada no Paul do Taipal.

Na vila de Montemor-o-Velho e nas suas freguesias vizinhas há várias igrejas, capelas e pelourinhos que valem muito uma visita, nomeadamente a igreja matriz no centro da vila.

Em termos gastronómicos, Montemor-o-Velho oferece iguarias como o arroz de lampreia, as papas laberças, o pato à moda do Mondego, o arroz malandro de cabidela, o sarrabulho e claro, os deliciosos doces conventuais.

A vila recebe anualmente um reconhecido festival de teatro, o Citemor, e tem também o Festival Montemor Medieval, no Castelo. A não perder é ainda a Feira da cebola, que se realiza todos os anos no dia 8 de Setembro e envolve toda a população da vila.

Apesar de oferecer poucas alternativas de alojamento, a vila tem boa oferta de restauração.

Preço médio em Montemor-o-velho
115 402 €
Preço médio por  m2  676 €
Ver estatísticas de venda em Montemor-o-velho ►
295 €
Preço médio por  m2  2,88 €
Ver estatísticas de aluguel em Montemor-o-velho ►
Imóveis à venda
Imóveis para alugar
    Cidades próximas de Montemor-o-velho